Tempo de leitura: 4 minutos (780 palavras)
Destacado 

3 Passos Para a Felicidade: uma prática simples que poderá mudar sua vida

felicidade-ilustracao-pessoa-feliz

Existem passos para que facilitam a "conquista da felicidade", e esses passos são simples. Um famoso excerto do professor e figura pública/política Reinhold Niebuhr deixa isso claro: "Dê-me serenidade para aceitar coisas que não posso mudar, coragem para mudar as coisas que posso, e sabedoria para reconhecer a diferença." Você ficou curioso para saber como conquistar essa serenidade, coragem e sabedoria? Siga esses três passos.

Passo 1: Identifique fontes de infelicidade

Para essa etapa, você precisa de duas folhas de papel e uma caneta ou lápis. Pegue a primeira folha de papel e faça uma lista de tudo em sua vida que lhe causa infelicidade ou insatisfação. Cada pessoa poderá listar de forma diferente e sua lista pode mudar diversas vezes então faça uma nova lista sempre que for preciso. Talvez para um adolescente sua infelicidade esteja atrelada a falta de autonomia, quando jovem adulto pode ser dificuldade financeira e quando mais velho pode ser dificuldades de saúde. Quando tiver desenvolvido essa lista, use o segundo papel para organizar sua lista em ordem do que mais lhe incomoda para o que menos lhe incomoda (de cima para baixo). Então ponha um sinal de menos (-) ao lado do que você não pode mudar – coisas que estão fora do seu controle – e ponha um sinal positivo (+) ao lado de itens que estejam sob seu controle.

Passo 2: Aceite o que você não pode mudar

Para essa etapa, você precisa tanto dos itens que marcou com o sinal de menos quanto abrir o seu coração e sua mente. Quando leu os seus itens, você provavelmente decidiu que apenas alguns se transformaram em sinais positivos, o que é ótimo. Mas no fim, algumas coisas ficarão como imutáveis. Elas provavelmente incluem coisas como amor não correspondido, um certo trabalho mútuo, uma condição de saúde ou sua idade. Seu objetivo é fazer as pazes com essas coisas. Entenda que essas adversidades estão na sua vida por uma razão. Nós crescemos encarando dificuldades; nos tornamos nossos melhores salvadores. Mesmo que nos sintamos aborrecidos por coisas que não podemos mudar, tente sentir-se grato. Diga "obrigado" pela oportunidade de evoluir. Cada desafio significa uma lição a ser aprendida. Qual é a lição a ser aprendida nesse momento ? É paciência, persistência, empatia, perdão, amor ? Mantenha isso em sua mente assim que tiver aprendido sua lição, você será continuamente testado em sua jornada.  

Passo 3: Mude o que está sob seu controle

Para essa etapa, você precisa dos itens que marcou com sinal positivo assim como de motivação e paciência. Cada item "mutável" na lista irá requerer sua própria solução. Por exemplo, saúde mental e traumas de infância irão requerer atenção médica e um bom terapeuta; inseguranças irão exigir dominar valores (adquirir habilidades e conhecimentos aprofundados) e/ou trabalhar na imagem corporal (alimentação equilibrada, exercício); estresse no trabalho e problemas financeiros irão exigir disciplina, educação e mudança de trabalho ou planos de carreira; relacionamentos disfuncionais irão exigir um reparo ou término; insatisfação política irá exigir tornar-se engajado. A boa notícia é que o simples ato de anotar objetivos embaixo do que deseja mudar lhe dará caminhos que podem ser seguidos. Lembrando que essa parte exige grande investimento de energia e determinação, então isso será difícil. Você pode considerar o apoio de sua família para lhe auxiliar em mudança de planos, feedback e suporte. 

Botando essa lista em ordem você se torna menos influenciável. Alternativamente, se os itens do topo exigirem uma grande mudança, você pode iniciar dos que considera mais fácil de mudar e criar um progresso. Assim que conquistar confiança e habilidade emocional, você está melhor equipado para enfrentar os itens maiores.

Considerações Finais

Sua felicidade vale a pena? Certamente a resposta é sim! Lembre-se que você é o protagonista da sua própria vida e que ninguém poderá alcançar os objetivos de vida que você construiu para você.

Esse texto está fundamentado na Psicologia Positiva de Martin Seligman, pesquisador de elementos como felicidade, bem-estar e de como pessoas podem construir esses sentimentos e sensações complexos em sua vida. Uma frase de Seligman que traz uma boa fundamentação para o nosso presente estudo é: 

"A vida impõe os mesmos reveses e tragédias tanto para o otimista quanto para o pessimista, mas o otimista consegue enfrenta-los com mais tranquilidade".

Martin Seligman

Referências:

SELIGMAN, M. E. P. (2011). Florescer - uma nova e visionária interpretação da felicidade e do bem-estar. Rio de Janeiro: Objetiva.

SELIGMAN, M. E. P. (2003). Felicidade Autêntica. Rio de Janeiro: Ponto de Leitura.

SELIGMAN, M. E. P. & CSIKSZENTMIHALYI, M. (2001). Positive psychology: an introduction. American Psychologist, 55(1), 5-14

SELIGMAN, M. E. P. (2004). Aprenda optimismo. Barcelona: DeBolsillo.

1
O Narcisismo em Psicanálise
Cheiro e Comportamento: os Aromas que Influenciam ...

Textos Relacionados

 

Comentários (0)

Nenhum comentário foi feito ainda, seja o primeiro!

Deixar seu comentário

  1. Postando o comentário como visitante. Cadastre-se ou faça login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Share Your Location
Digite o texto apresentado na imagem abaixo. Não consegue ver?

Relacionados

Fique por Dentro

Junte-se aos leitores inteligentes que recebem nossas novidades direto no e-mail:

Textos de Psicologia em Destaque:

Portal Psicologia