Breve Histórico Sobre o Acompanhamento Terapêutico

Breve Histórico Sobre o Acompanhamento Terapêutico
Nas décadas de 60 e 70 chamava-se de modificação de comportamento , a produção de conhecimento e desenvolvimento de uma tecnologia comportamental à prestação de serviços, no trato de problemas socialmente relevantes. Essa intervenção consistia na aplicação de técnicas e procedimentos provenientes da análise experimental do comportamento e teorias d...
Continuar lendo
2
  1032 Acessos
  0 comentários
1032 Acessos
0 comentários

O Acompanhamento Terapêutico na Escola

O Acompanhamento Terapêutico na Escola

As atribuições da psicologia no âmbito escolar não se restringem às questões que envolvem a deficiência mental ou qualquer outro tipo de estigma. É um ir além relacionado ao trabalho preventivo e a saúde mental, com a responsabilidade de tornar a escola um espaço não-neurotizante (FONSECA, 1995).

Na escola, as propostas relativas ao papel do Acompanhante Terapêutico e suas implicações devem ser explorado sob um aspecto da análise skinneriana de ensino. Esta se dá através do arranjo planejado de contingências, o planejamento das condições adequadas para aprendizagem sob a forma de contingências de reforçamento positivo, que possibilitem ao aluno uma aprendizagem produtiva e prazerosa, priorizando consequências naturais, sem os inconvenientes das práticas aversivas (Zanotto, 2000).

Continuar lendo
3
  2040 Acessos
  0 comentários
2040 Acessos
0 comentários

Fique por Dentro

Junte-se aos leitores inteligentes que recebem nossas novidades direto no e-mail:

Textos de Psicologia em Destaque:

Portal Psicologia