Tempo de leitura: 3 minutos (628 palavras)
Destacado 

Uma Introdução aos Testes Psicológicos

introducao-testes-psicologicos

O teste psicológico é o único instrumental exclusivo ao profissional de Psicologia. O Conselho Federal de Psicologia - CFP assegura que a compra se dá apenas a partir de um CRP ativo – com as anuidades em dia – e qualquer reprodução não autorizada dos materiais está passível de punições jurídicas asseguradas por lei. O CRP é responsável por fazer a fiscalização para que os testes funcionem corretamente.

Esse funcionamento correto acontece a partir das normas de aplicação e de correção. Cada teste tem uma forma própria de se aplicar e corrigir que devem ser mantidas afim de alcançar resultados que mais se aproximam da realidade vivida do sujeito.

Os testes psicológicos têm crescido em uso e importância a cada dia, com mais construtos sendo avaliados e de forma cada vez mais complexa sempre objetivando o "real" resultado do sujeito. Existum órgão que regulamenta todos os testes psicológicos que podem ser utilizadostem como principal apresentação em um sistema informatizado via web, que se chama SATEPSI – Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos.

Existem dois tipos de testes psicológicos, os psicométricos e os projetivos.

  • O teste psicométrico é aquele que avalia a personalidade de um indivíduo, assim como suas capacidades (cognitivas, de atenção, resiliência, dentre outros) a partir de itens objetivos.
  • Os testes projetivos conferem dados que cabem a interpretação do examinador, ancoradas principalmente na metodologia da Psicanálise.

Os testes psicológicos são usados em diversas instituições, são utilizados em hospitais, escolas, clínicas e principalmente no setor organizacional – especificamente no RH para seleção e recrutamento de candidatos a emprego.

Existem grandes autores brasileiros que explicam a teoria e prática da testagem psicológica como Anastasi e Urbina; que fundamentam grandes manuais para o conhecimento da testagem, aplicação e correção dos mesmos.

Na teoria da testagem é muito enfatizada a questão de que apenas o testando pode ser a variável no ambiente, exigindo ambientes padronizado. A padronização cerca um ambiente limpo, livre de interrupções durante a testagem, com uma temperatura favorável para a realização do mesmo, cadeiras confortáveis e com apoio para a folha de resposta.

O que tem alta correlação com a validade e fidedignidade do teste.

  • A validade se refere a capacidade do teste de avaliar o que realmente se propõe a avaliar. Por exemplo: Um teste que avalia inteligência deve ser capaz de predizer comportamentos – indicadores – que predispõe a comportamentos inteligentes.
  • A fidedignidade se refere a capacidade do teste obter resultados equivalentes em seu primeiro teste e re-teste. Exemplo: Um teste que avalia QI deve dar valores equivalentes em sua primeira realização e nas suas realizações subsequentes.

Existem alguns testes que são aplicados que compõe a avaliação psicológica (um fazer mais complexo que além do teste abrange também entrevistas) que exigem uma especialização na área. Como testes que subsidiam o porte de armas.

Dessa forma, foi possível apresentar aqui um pouco sobre os testes psicológicos e notar que devemosvalorizá-lo como o instrumento exclusivo do psicólogo; além de alguns dos seus usos e especificidades. 

Referências:

ANASTASI, A. & URBINA, S. (2000). Testagem Psicológica. Porto Alegre: Artes Médicas.

COHEN, J., & COHEN, P. (1983). Applied multiple regression/correlation analysis for the behavioral sciences (2nded.). Hillsdale, NJ: Erlbaum.

MOREIRA, Thaline da Cunha; AMBIEL, Rodolfo Augusto Matteo; NUNES, Maiana Farias Oliveira. Escala de fontes de autoeficácia para escolha profissional: construção e estudos psicométricos iniciais. Temas psicol., Ribeirão Preto , v. 26, n. 1, p. 47-60, mar. 2018 . Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2018000100003&lng=pt&nrm=iso>. acessosem 22 nov. 2018. http://dx.doi.org/10.9788/TP2018.1-03Pt.

PINTO, Elza Rocha. Conceitos fundamentais dos métodos projetivos. Ágora (Rio J.) , Rio de Janeiro , v. 17, n. 1, p. 135-153, June 2014 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-14982014000100009&lng=en&nrm=iso>. access on 22 Nov. 2018. 

0
A Instituição de Educação Infantil, o Psicopedagog...
8 Tipos de Comportamento Abusivo

Textos Relacionados

 

Comentários (0)

Nenhum comentário foi feito ainda, seja o primeiro!

Deixar seu comentário

  1. Postando o comentário como visitante. Cadastre-se ou faça login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Share Your Location
Digite o texto apresentado na imagem abaixo. Não consegue ver?

Relacionados

Fique por Dentro

Junte-se aos leitores inteligentes que recebem nossas novidades direto no e-mail:

Textos de Psicologia em Destaque:

Portal Psicologia