Dicionário Psi

Aqui você encontra as definições dos termos mais comumente usados em Psicologia.

Saciação

De maneira geral, é o ato ou efeito de saciar. Em Análise do Comportamento, consiste numa apresentação continuada de um reforçador, fazendo com que haja uma diminuição da probabilidade de ocorrência de comportamentos que tenham esse estímulo como reforço.

Satiríase

termo utilizado para definir o desejo incontrolável e excessivo por gratificação sexual em homens.

Seleção por Consequências

Modelo de explicação do comportamento em que os comportamentos da espécie, dos organismos e as práticas culturais são mantidos por suas consequências. 

Self Gestáltico

Para a Gestalt o self funciona em três modos: o Id, o Eu e a Personalidade. A função Id está relacionada ao funcionamento autônomo do organismo, ou seja, às funções vitais automáticas do corpo. A função Eu está relacionada à escolha ou rejeição. É a função na qual estão presentes o senso de responsabilidade e manipulação do meio, a partir da tomada de consciência das minhas necessidades. A função Personalidade é a representação que o sujeito faz de si mesmo. Essa representação é sua auto-imagem, a qual lhe permite se reconhecer como responsável pelo que sente e pelo que faz e, ainda, constrói o sentimento de identidade

Sexismo

discriminação contra pessoas em função do seu sexo.

Sexting

Sextings são mensagens com teor sexual enviadas a um determinado receptador, que pode incluir mensagens de texto, fotos, vídeos, gifs e toda a classe do que pode ser compartilhado em rede.

Sinônimos - Sextings

Síndrome de Burnout

Síndrome de exaustão emocional, despersonalização e redução das realizações pessoais, muitas vezes experimentada por trabalhadores em funções de alto nível de estresse.

Síndrome de Kluver-Bucy

é caracterizada por hipersexualidade (comportamento sexual compulsivo, geralmente sem considerar o que é socialmente apropriado) e uma tendência a examinar todos os objetos pelo toque ou colocando-os na boca. Podem aparecer ainda agnosia visual, responsividade emocional diminuída, distraibilidade, e perda de memória. Geralmente essa síndrome é resultante de dano cerebral a ambos os lobos temporais mediais.

Sintoma

É a solução de compromisso encontrada diante do conflito entre as instâncias psíquicas, que são na 1ª tópica freudiana o inconsciente, pré-consciente e consciente e na 2ª tópica o Isso, Eu e Supereu (além da realidade externa), cuja satisfação direta é censurada, e a defesa psíquica, que visa a manter a integridade humana diante do perigo do desejo proibido. 

Subjetividade

é a síntese singular e individual que cada um de nós vai constituindo conforme vamos nos desenvolvendo e vivenciando as experiências da vida social e cultural; é uma síntese que nos identifica, por ser única. É o mundo de idéias, significados e emoções construído internamente pelo sujeito a partir de suas relações sociais, de suas vivências e de sua constituição biológica .

Subjetividade Social

Representa a constituição da história das relações sociais do sujeito concreto dentro de um sistema individual. O Indivíduo, ao viver relações sociais determinadas a experiências determinadas em uma cultura que tem ideias e valores próprios, vai construindo sentido para as experiências que vivencia.

Superinterpretação

é entendida como uma segunda interpretação do sonho que se sobrepõe à primeira e nos fornece um outro significado distinto daquele que foi obtido pela interpretação original.

Procurar no Dicionário:

Buscar termos do glossário (expressão regular permitida)
Portal Psicologia