Transferência

Transferência

É um processo pelo qual o indivíduo recapitula em suas relações atuais, especialmente com seu psicanalista, as relações que teve com seus genitores na infância. A transferência se dá geralmente com pessoas que representam alguma autoridade significativa como no relacionamento professor-aluno, médico-paciente, patrão-empregado, etc...

Freud, a princípio encontrou na transferência um obstáculo para o tratamento, como uma maneira do sujeito defender a satisfação pulsional presente na manutenção dos elementos sintomáticos neuróticos, porém mais tarde utilizou-a como uma parte essencial do processo terapêutico. A transferência torna-se então fenômeno de imprescindível importância na clínica analítica. Ela é, antes de mais nada, a colocação em ato, das mesmas fantasias que outrora se expressaram sob a forma de primeiros laços afetivos, sendo entendida não como uma repetição de uma antiga relação, mas a atualização de uma fantasia.

Procurar no Dicionário:

Buscar termos do glossário (expressão regular permitida)
Portal Psicologia